A Biblioteca Andante

A Biblioteca Andante

60 minutos – Público em geral – M6

Um espectáculo construído com a “biblioteca” que nos formou. Os autores fundamentais, os poemas essenciais que nos acompanharam ao longo destes 20 anos, serão convocados e revisitados por nós e pelo público. Não sendo uma biblioteca infinita, longe disso, é no entanto um grande acervo de poesia que fomos trabalhando ao longo do tempo. Resolvemos abri-lo ao público e possibilitar que esse público escolha dentro destes limites aquilo que quer ouvir e ver. Cada apresentação será assim uma viagem diferente. Mais do que um recital ou leitura encenada, aquilo que propomos é um jogo em que o público estará directamente implicado.
Uma actriz é a biblioteca e em simultâneo a bibliotecária que guia os leitores e ainda a voz das palavras dos autores. Isto quer dizer ainda que o cenário do espectáculo é, literalmente, vestido pela personagem – uma viajante/andante pelo universo dos livros. O trabalho sonoro, como em todos os nossos espectáculos, será uma peça fundamental, criando os ambientes que permitem aceder melhor àquilo que queremos evidenciar em cada texto.

Fotos

Vídeo

Quem faz o quê

Guião e direcção: Cristina Paiva e Fernando Ladeira

Interpretação: Cristina Paiva

Figurino: Lucília Telmo

Sonoplastia: Fernando Ladeira

Mais


Promover a leitura com a leitura em voz alta. Criar um espaço sonoro e visual com a voz dos leitores. Que essa voz conduza os outros (leitores ou não leitores) por um caminho feito não só das palavras dos escritores mas também das nossas vidas, das nossas histórias, das nossas emoções. Revelar mais que mostrar, evocar mais que lembrar, viver mais do que ver.
Este é o trabalho da Andante desde o primeiro dia, há vinte anos atrás.

 

 

Para outras informações, por favor, preencha o seguinte formulário:

nota:
os dados fornecidos neste formulário apenas servirão para lhe enviarmos as informações solicitadas