Agenda

Out
20
Sáb
Afinal… o Gato? – Alcochete @ Fórum Cultural
Out 20@10:45_11:15

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 6 meses aos 5 anos

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está o gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

Afinal… o Gato? – Alcochete @ Fórum Cultural
Out 20@11:45_12:15

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 3  aos 5 anos

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

adVERSUS – Festival Read On – Sobreda da Caparica @ Solar dos Zagallos
Out 20@19:00_20:00

adVERSUS – Espectáculo Poético de Largo Espectro
50 minutos – Público em geral

no âmbito do programa do Festival Read On

Está triste? Tem insónias? Sofre de comichões na carteira e de urticárias profissionais? Sente-se sem forças? Acha que anda a chocar uma depressão?

O adVERSUS é um concentrado de sonhos que contém substâncias activas com efeitos imediatos na forma de olharmos o mundo à nossa volta.

Há quem diga que a nossa sociedade está doente. E se lhe administrarmos uma boa dose de poesia? O adVERSUS é isso mesmo. O prazer de dizer o mundo com as palavras dos poetas.

Out
23
Ter
Coro de Leitura em voz alta – Alcochete @ Biblioteca de Alcochete
Out 23@20:30_22:30

Recomeço de mais uma temporada do CLeVA

(só para os membros do coro)

 

Out
24
Qua
Afinal… o Gato? – Odivelas @ O sonho dos Pestinhas
Out 24@10:00_11:30

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 6 meses aos 5 anos

(só para as crianças da instituição)

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está o gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

Out
26
Sex
Afinal… o Gato? – Alcochete @ Colégio Penas Real
Out 26@10:00_10:30

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 6 meses  aos 5 anos

(só para as crianças da instituição)

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está o gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

Aleatório – Oliveira de Azeméis @ Biblioteca Municipal Ferreira de Castro
Out 26@21:30_22:30

Aleatório – Concerto de palavras ao acaso
60 minutos – Público em geral – maiores de 12

No âmbito da Cerimónia de Entrega de Prémios do XIX Concurso de Poesia Agostinho Gomes

Dar forma às palavras, dar som às palavras, dar vida às palavras, dar-lhes o sopro vital que as faça habitar o nosso espaço; emprestar-lhes o corpo, fornecer-lhes os traços, fazê-las ressoar nas nossas e vossas cabeças; com elas contar, cantar, pintar, dançar, escrever, tocar, brincar; com elas organizar o caos, o acaso, o aleatório. Ou o contrário: com elas criar o caos, o acaso, o aleatório.
Um espectáculo de palavras, sons e imagens concertadas, ou um concerto de palavras, sons e imagens espectaculares. Uma hora de viagem (pouco) ao acaso.

 

Out
31
Qua
Quem quer ser Saramago – Ourém @ Cine-Teatro Municipal de Ourém
Out 31@11:00_16:30

60 minutos

(sessões para os alunos do ensino secundário do concelho)

A grande e decisiva arma é a ignorância. É bom, que eles nada saibam, nem ler, nem escrever, nem contar, nem pensar, que considerem e aceitem que o mundo não pode ser mudado, que este mundo é o único possível, tal como está, que só depois de morrer haverá paraíso… JS in Levantado do Chão
Agora, mais do que nunca, as palavras de José Saramago ajudam-nos a compreender, a lutar e a ultrapassar os tempos conturbados em que vivemos.
Quem quer ser Saramago?
Como num jogo somos levados através do universo da escrita de José Saramago, com avanços e recuos, ultrapassando uma dificuldade aqui, fazendo uma descoberta ali.
Quem quer ser Saramago?
Uma viagem contra a crueldade, a humilhação e a mentira, guiada pela “Voz” e pela obra do único Nobel da língua portuguesa, com destino a um mundo mais digno, justo e verdadeiro.

Nov
3
Sáb
Afinal o Caracol – Braga @ Edifício do Castelo
Nov 3@15:00_15:30

25 minutos – para crianças dos 6 meses aos 5 anos

(no âmbito do Encontro de Ilustração – Braga em Risco)

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e ilustrações de Mafalda Milhões.
A história de um caracol, das cócegas que ele fazia, de como ele virava e girava, e de como acabou por não cair. Brincamos com as palavras. São o nosso brinquedo favorito. Brincamos com a música das palavras, com a leveza das palavras, com o tamanho das palavras, com a pressa e a lentidão das palavras e também… com o silêncio.

Nov
6
Ter
Coro de Leitura em voz alta – Alcochete @ Biblioteca de Alcochete
Nov 6@20:30_22:30

(só para os membros do coro)

 

Nov
9
Sex
Afinal… o Gato? – Lisboa @ Centro Infantil João de Deus 2
Nov 9@10:00_11:30

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 6 meses  aos 5 anos

(só para as crianças da instituição)

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está o gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

Afinal… o Gato? – Lisboa @ Centro Infantil João de Deus - Alvalade 2
Nov 9@15:00_16:30

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 6 meses  aos 5 anos

(só para as crianças da instituição)

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está o gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

Nov
10
Sáb
Afinal o Íbis – S. Francisco @ Biblioteca Escolar e Comunitária de São Francisco
Nov 10@10:45_11:15

AFINAL O ÍBIS
30 minutos

Sessão para crianças dos 6 meses aos 3 anos

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.
A história de um pássaro esquisito inventada por Fernando Pessoa, o Íbis do Egipto, é o nosso pretexto para embalar, brincar, cantar, voar com os bebés. A partir deste, outros pássaros de Pessoa se lhe juntam.
A actriz conduz o público pelas paisagens poéticas, pela musicalidade das palavras, pelo voo das páginas e em meia hora teremos tempo para brincar, cantar, dançar, ler e dormir.

Afinal o Íbis – S. Francisco @ Biblioteca Escolar e Comunitária de São Francisco
Nov 10@11:45_12:15

AFINAL O ÍBIS
30 minutos

Sessão para crianças dos 3 aos 5 anos

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.
A história de um pássaro esquisito inventada por Fernando Pessoa, o Íbis do Egipto, é o nosso pretexto para embalar, brincar, cantar, voar com os bebés. A partir deste, outros pássaros de Pessoa se lhe juntam.
A actriz conduz o público pelas paisagens poéticas, pela musicalidade das palavras, pelo voo das páginas e em meia hora teremos tempo para brincar, cantar, dançar, ler e dormir.

Nov
11
Dom
Afinal o Caracol – Oeiras @ Livraria Gatafunho
Nov 11@10:30_11:00

25 minutos – para crianças dos 6 meses aos 5 anos

(reservas: gatafunho.livraria@gmail.com)

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e ilustrações de Mafalda Milhões.
A história de um caracol, das cócegas que ele fazia, de como ele virava e girava, e de como acabou por não cair. Brincamos com as palavras. São o nosso brinquedo favorito. Brincamos com a música das palavras, com a leveza das palavras, com o tamanho das palavras, com a pressa e a lentidão das palavras e também… com o silêncio.

Nov
15
Qui
Actos de Leitura – ordenar o mundo – Alcochete @ Fórum Cultural de Alcochete
Nov 15@17:00_17:30

Não se pode obrigar ninguém a ler um livro. Mas pode-se aliciar, pode-se seduzir, pode-se revelar uma das coisas que aproxima os homens através do tempo e do espaço: a literatura.

Pequeno espectáculo de promoção da leitura para o  encerramento do primeiro dia do “X Encontro de Leitura Pública” da Associação de Municípios da Região de Setúbal.

 

Nov
16
Sex
Afinal… o Gato? – Sertã @ Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes
Nov 16@10:00_16:00

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 3  aos 5 anos

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

Nov
17
Sáb
Afinal… o Gato? – Sertã @ Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes
Nov 17@11:00_11:45

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 6 meses  aos 5 anos

Entrada livre.
Inscrições na biblioteca.

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

Nov
20
Ter
Coro de Leitura em voz alta – Alcochete @ Biblioteca de Alcochete
Nov 20@20:30_22:30

(só para os membros do coro)

 

Nov
22
Qui
Afinal… o Gato? – Lisboa @ Adeco - Jardim de Infância das Mercês
Nov 22@10:00_11:30

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 6 meses aos 5 anos

(só para as crianças da instituição)

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está o gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

Nov
24
Sáb
Afinal… o Gato? – Abrantes @ Biblioteca Municipal António Botto
Nov 24@10:30_11:00

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 3  aos 5 anos

Entrada livre.
Inscrições na biblioteca.

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

Dez
7
Sex
Quem quer ser Saramago – Setúbal @ Casa da Cultura
Dez 7@15:00_16:00

60 minutos

(para os alunos do ensino secundário do concelho)

A grande e decisiva arma é a ignorância. É bom, que eles nada saibam, nem ler, nem escrever, nem contar, nem pensar, que considerem e aceitem que o mundo não pode ser mudado, que este mundo é o único possível, tal como está, que só depois de morrer haverá paraíso… JS in Levantado do Chão
Agora, mais do que nunca, as palavras de José Saramago ajudam-nos a compreender, a lutar e a ultrapassar os tempos conturbados em que vivemos.
Quem quer ser Saramago?
Como num jogo somos levados através do universo da escrita de José Saramago, com avanços e recuos, ultrapassando uma dificuldade aqui, fazendo uma descoberta ali.
Quem quer ser Saramago?
Uma viagem contra a crueldade, a humilhação e a mentira, guiada pela “Voz” e pela obra do único Nobel da língua portuguesa, com destino a um mundo mais digno, justo e verdadeiro.

Quem quer ser Saramago – Setúbal @ Casa da Cultura
Dez 7@21:30_22:30

60 minutos

 

A grande e decisiva arma é a ignorância. É bom, que eles nada saibam, nem ler, nem escrever, nem contar, nem pensar, que considerem e aceitem que o mundo não pode ser mudado, que este mundo é o único possível, tal como está, que só depois de morrer haverá paraíso… JS in Levantado do Chão
Agora, mais do que nunca, as palavras de José Saramago ajudam-nos a compreender, a lutar e a ultrapassar os tempos conturbados em que vivemos.
Quem quer ser Saramago?
Como num jogo somos levados através do universo da escrita de José Saramago, com avanços e recuos, ultrapassando uma dificuldade aqui, fazendo uma descoberta ali.
Quem quer ser Saramago?
Uma viagem contra a crueldade, a humilhação e a mentira, guiada pela “Voz” e pela obra do único Nobel da língua portuguesa, com destino a um mundo mais digno, justo e verdadeiro.

Dez
14
Sex
Afinal o Caracol – Miraflores @ B-A.Baby
Dez 14@10:00_11:30

25 minutos – Bebés dos 6 meses aos 3 anos
(também para crianças dos 3 aos 5 anos)

(só para as crianças da instituição)

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e ilustrações de Mafalda Milhões.

A história de um caracol, das cócegas que ele fazia, de como ele virava e girava, e de como acabou por não cair. Brincamos com as palavras. São o nosso brinquedo favorito. Brincamos com a música das palavras, com a leveza das palavras, com o tamanho das palavras, com a pressa e a lentidão das palavras e também… com o silêncio.

Dez
15
Sáb
Afinal… o Gato? – Lisboa @ Bibioteca da Penha de França
Dez 15@10:30_11:15

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 6 meses aos 3 anos

Entrada gratuita mediante inscrição prévia na Biblioteca

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está o gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

Afinal… o Gato? – Lisboa @ Bibioteca da Penha de França
Dez 15@11:30_12:15

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 3 aos 5 anos

Entrada gratuita mediante inscrição prévia na Biblioteca

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está o gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

Jan
17
Qui
Afinal o Caracol – Barreiro @ Colégio Minerva
Jan 17@10:00_11:30

25 minutos – Bebés dos 6 meses aos 3 anos
(também para crianças dos 3 aos 5 anos)

(só para as crianças da instituição)

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e ilustrações de Mafalda Milhões.

A história de um caracol, das cócegas que ele fazia, de como ele virava e girava, e de como acabou por não cair. Brincamos com as palavras. São o nosso brinquedo favorito. Brincamos com a música das palavras, com a leveza das palavras, com o tamanho das palavras, com a pressa e a lentidão das palavras e também… com o silêncio.

Jan
18
Sex
Andante(des)Concertante – Sesimbra @ Cine-teatro Municipal João Mota
Jan 18@10:30_15:30

ANDANTE(des)CONCERTANTE
Concerto de poesia para crianças

60 minutos

E se uma ida ao teatro nos transformasse em músicos de uma orquestra?
E se essa orquestra se transformasse numa floresta?
E se essa floresta nos fizesse amar as árvores?
E se as árvores desatassem a falar?
E se a fala das árvores nos mostrasse como as palavras dançam?

E se uma ida ao teatro fosse pura poesia?

Andante(des)Concertante
Um concerto feito de poesia, música, magia, heróis, pings e bongs, bailados de mãos e… silêncio.

A maestrina conduz uma floresta, e há uma orquestra, que dividida por naipes e com muita poesia, vai ensaiando com brincadeiras, coreografias, músicas, sons de vento e de pássaros e até de palavras proibidas.

No final, floresta e orquestra farão a sua apresentação… e haverá uma surpresa.

Jan
19
Sáb
Afinal… o Gato? – Lisboa @ Biblioteca Palácio Galveias
Jan 19@10:30_11:30

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 6 meses  aos 3 anos

Entrada gratuita mediante inscrição prévia na Biblioteca

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

Afinal… o Gato? – Lisboa @ Biblioteca Palácio Galveias
Jan 19@11:30_12:15

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 3 aos 5 anos

Entrada gratuita mediante inscrição prévia na Biblioteca

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

Jan
23
Qua
Quem quer ser Saramago – Abrantes @ Auditório da Santa Casa da Misericórdia
Jan 23@11:00_12:00

60 minutos

(para os alunos do ensino secundário do concelho)

A grande e decisiva arma é a ignorância. É bom, que eles nada saibam, nem ler, nem escrever, nem contar, nem pensar, que considerem e aceitem que o mundo não pode ser mudado, que este mundo é o único possível, tal como está, que só depois de morrer haverá paraíso… JS in Levantado do Chão
Agora, mais do que nunca, as palavras de José Saramago ajudam-nos a compreender, a lutar e a ultrapassar os tempos conturbados em que vivemos.
Quem quer ser Saramago?
Como num jogo somos levados através do universo da escrita de José Saramago, com avanços e recuos, ultrapassando uma dificuldade aqui, fazendo uma descoberta ali.
Quem quer ser Saramago?
Uma viagem contra a crueldade, a humilhação e a mentira, guiada pela “Voz” e pela obra do único Nobel da língua portuguesa, com destino a um mundo mais digno, justo e verdadeiro.

Mar
22
Sex
Andante(des)Concertante – Funchal @ Local a designar
Mar 22@15:00_16:00

ANDANTE(des)CONCERTANTE
Concerto de poesia para crianças

No âmbito do VII Encontro de Leitura em Voz Alta – Ler com Amor

60 minutos

E se uma ida ao teatro nos transformasse em músicos de uma orquestra?
E se essa orquestra se transformasse numa floresta?
E se essa floresta nos fizesse amar as árvores?
E se as árvores desatassem a falar?
E se a fala das árvores nos mostrasse como as palavras dançam?

E se uma ida ao teatro fosse pura poesia?

Andante(des)Concertante
Um concerto feito de poesia, música, magia, heróis, pings e bongs, bailados de mãos e… silêncio.

A maestrina conduz uma floresta, e há uma orquestra, que dividida por naipes e com muita poesia, vai ensaiando com brincadeiras, coreografias, músicas, sons de vento e de pássaros e até de palavras proibidas.

No final, floresta e orquestra farão a sua apresentação… e haverá uma surpresa.

Mar
23
Sáb
Aleatório – Funchal @ Local a designar
Mar 23@21:30_22:30

Aleatório – Concerto de palavras ao acaso
60 minutos – Público em geral – maiores de 12

No âmbito do VII Encontro de Leitura em Voz Alta – Ler com Amor

Dar forma às palavras, dar som às palavras, dar vida às palavras, dar-lhes o sopro vital que as faça habitar o nosso espaço; emprestar-lhes o corpo, fornecer-lhes os traços, fazê-las ressoar nas nossas e vossas cabeças; com elas contar, cantar, pintar, dançar, escrever, tocar, brincar; com elas organizar o caos, o acaso, o aleatório. Ou o contrário: com elas criar o caos, o acaso, o aleatório.
Um espectáculo de palavras, sons e imagens concertadas, ou um concerto de palavras, sons e imagens espectaculares. Uma hora de viagem (pouco) ao acaso.

 

Mai
2
Qui
Afinal… o Gato? – Alcochete @ Colégio Penas Real
Mai 2@10:00_10:30

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 6 meses  aos 5 anos

(só para as crianças da instituição)

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está o gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

Mai
29
Qua
Afinal… o Gato? – Lisboa @ Creche de Santa Clara
Mai 29@9:30_11:45

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 3 aos 5 anos

(só para as crianças da instituição)

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está o gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

Mai
30
Qui
Afinal… o Gato? – Lisboa @ Creche Sementes do Mundo
Mai 30@9:30_11:45

AFINAL… O GATO?

30 minutos – para crianças dos 3 aos 5 anos

(só para as crianças da instituição)

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.
Mas afinal onde está o gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?
Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?
Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?
Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.”Fernando Pessoa (Livro do desassossego)

Mai
31
Sex
Afinal o Íbis – Mafra @ EB Professor João Dias Agudo
Mai 31@10:00_12:30


30 minutos – Bebés dos 6 meses aos 3 anos
(também para crianças dos 3 aos 5 anos)

(só para as crianças da instituição)

Espectáculo de promoção da leitura para bebés, com poesia de Fernando Pessoa, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões.
A história de um pássaro esquisito inventada por Fernando Pessoa, o Íbis do Egipto, é o nosso pretexto para embalar, brincar, cantar, voar com os bebés. A partir deste, outros pássaros de Pessoa se lhe juntam.
A actriz conduz o público pelas paisagens poéticas, pela musicalidade das palavras, pelo voo das páginas e em meia hora teremos tempo para brincar, cantar, dançar, ler e dormir.

Jun
3
Seg
Andante(des)Concertante – Mafra @ EB Professor João Dias Agudo
Jun 3@10:30_11:30

ANDANTE(des)CONCERTANTE
Concerto de poesia para crianças

Para os alunos do 1º ciclo da instituição

60 minutos

E se uma ida ao teatro nos transformasse em músicos de uma orquestra?
E se essa orquestra se transformasse numa floresta?
E se essa floresta nos fizesse amar as árvores?
E se as árvores desatassem a falar?
E se a fala das árvores nos mostrasse como as palavras dançam?

E se uma ida ao teatro fosse pura poesia?

Andante(des)Concertante
Um concerto feito de poesia, música, magia, heróis, pings e bongs, bailados de mãos e… silêncio.

A maestrina conduz uma floresta, e há uma orquestra, que dividida por naipes e com muita poesia, vai ensaiando com brincadeiras, coreografias, músicas, sons de vento e de pássaros e até de palavras proibidas.

No final, floresta e orquestra farão a sua apresentação… e haverá uma surpresa.